O que me entristece!

Olá desajustados, estou de volta com um dos temas do desafio dos 30 dias do blog, e o tema escolhido pra hoje: Coisas que me deixam triste!

É normal no dia a dia coisas boas e ruins acontecerem, as boas são bem melhores, mas é inevitável situações tensas surgirem. E eu sou o tipo de pessoa que bota na cabeça: Huuuum, esse dia está muito bom pro meu gosto, alguma merda tá pra acontecer! Nem sempre acontece, mas quando aparece é A MERDA!

Coisas cotidianas que acabam me deixando triste são aquelas que aparecem do nada, sem ao menos esperar, sempre é assim, nunca pedimos para ficarmos tristes. Em geral vem de pessoas próximas: amigos, família, namoro também acontece, normal. Pois você nunca espera, ou talvez sim, algo de ruim das pessoas que na verdade deveria te querer ver bem.

As pessoas e seus atos escrotos, sua ignorância me entristece. E o que falarei agora talvez até seja pessoal, mas serve para que me entendam: Eu sou gay, me assumi para minha mãe aos 19 anos após não aguentar mais guardar quem sou, e claro, você espera da sua família aceitação e entendimento. De primeiro momento ela aceitou, depois de um tempo vi que ela não tocava no assunto. E nisso, ano passado passei uma fase difícil, o termo certo para tal fase é depressão, vivia melancólico e acabou me afetando em todas as áreas da vida. E nisso minha mãe e eu acabamos tendo uma discussão onde ela deixou beeem explicito seus pensamentos sobre minha homossexualidade. Toda família por parte de mãe virou as costas para mim. Aí complicou ainda mais meu quadro.

Depois de um longo tempo, com ajuda de amigos e principalmente meu namorado, percebi que se quisesse ser feliz, deveria deixar para trás as pessoas que me faziam mal e sofrer, somente eu poderia fazer isso. Desde então, sempre que me deparo com algum enviado do satanás pra me atormentar ligo o botão do “foda-se” e excluo-o do me cotidiano.

Resumindo: as pessoas me irritam e me deixam triste, as pessoas más, aquelas onde você descobre sua verdadeira natureza na convivência e com o tempo. As vezes acaba descobrindo tarde demais e quando vai ver já está ferido, mas o importante é manter a cabeça erguida. É difícil? Sim, muito, ainda estou superando, mas com ajuda das pessoas que te amam é possível se manter em pé.

Uma musica que sintetiza o que acabou de ser dito é do Coldplay, “Fix You”. Maaas como sou fã de Glee, sempre me emociono quando escuto ou vejo a versão deles, e você pode vê-la abaixo.

 

Por hoje é só, espero que tenham entendido meu ponto de vista. E até a próxima. Tchau!

Anúncios

2 comentários

  1. newbornmomblog · fevereiro 28, 2016

    Foda!
    Pra não dizer difícil…

    Curtir

  2. Devaneius · fevereiro 29, 2016

    Infelizmente não podemos evitar esse tipo de coisa, até porque é de nossa natureza sentir tudo e refletir tudo. O segredo para amenizar a tristeza, além do FODA=SE, é cuidar para que não sejamos escrotos também (até porque não adianta nada não querer que te deixem triste sendo que você deixa alguém triste) e dar o devido valor a quem faz bem.

    OBS: eu sei que não sou perfeito, mas eu me esforço, dentro dos meus limites, e continuarei me esforçando para te fazer bem, enquanto você quiser que eu esteja ❤

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s