As (des)vantagens: Ser gay!

Olá meus desajustados. Tudo na paz? Comigo não, não estou muito bem. Mas vamos lá.

Desculpem a demora, 6 dias já desde o último post, estava sem ideias. Mas ontem em um dos Devaneius com o meu namorado, veio a ideia de falar sobre algo que creio eu, não somos os únicos a presenciar no cotidiano. Há vantagens e desvantagens de sermos nós. E quando digo desvantagem não digo que é ruim ser gay, mas há situações que ocorrem por sermos quem somos as vezes bem chatas.

Posso dizer que as vantagens de ser gay são várias (e quando digo gay, quero dizer toda a comunidade LGBT). Por exemplo, posso transar sem me preocupar em engravidar uma garota até porque não rolaria. Mas claro, devemos nos preocupar com DST, todos nós. Que escrota essa ideia né hehe mas é maravilhoso!

Ou por exemplo, não temos a obrigação de nos vestirmos de acordo com a moda do momento, até por que não trabalhamos pra nenhuma agência de moda. Acabamos nos sentido livres para vestirmos o que queremos, quando queremos, ainda mais que moda não tem sexo. E modéstia a parte, nós somos estilosos. A partir do momento também em que ignoramos tudo o que a sociedade tenta impor sobre nós, como querer escolher quem devemos amar ou que devemos casar e procriar com pessoas do sexo oposto (tão Neandertal essa ideia), somos mais felizes e abertos a tudo, criamos uma armadura contra qualquer ladainha que venham falar. Essa armadura são três tapas na cara pra largar de ser otário.

Posso saber todas as músicas e coreografias de High School Musical sem me importar com o que vão dizer. Ou até mesmo chorar e cantar todas as músicas com o Glee, e vou logo dizendo que nem todos os gays são obrigados a gostar de musicais ou serem cultos, saber todos os babados da mídia e tals. Muito menos obrigados a terem em suas playlist Madonna ou Lady Gaga (claro que eu tenho), mas gosto, seja ele qual for não tem sexo nem orientação sexual. Cada um tem sua personalidade.

E ao mesmo tempo que falo que somos mais abertos a tudo, também somos mais sinceros e sentimentais em certas ocasiões, e até por isso costumamos ter mais amizades com todo tipo de pessoa, pois amizade também não tem sexo. Por exemplo, se uma amiga minha chega parecendo a Caipora do Castelo Ra-Tim-Bum, eu falo na cara: Miga, sua loca, que merda é essa? Enquanto se fosse uma “amiga” provavelmente mentiria só pra agradá-la. Ou se meu amigo chega com um corte bonito de cabelo, eu o elogio, mas sem conotação sexual, apenas porque está bacana. Da pra entender isso?

Eu posso dividir roupa com o meu namorado. As vezes ele me empresta roupas dele quando preciso, assim como empresto as minhas para ele. Ou seja, tenho roupas em dobro, claro que não sou folgado a ponto de sempre pegar as roupas dele. Mas adoro.


Agora vamos a parte foda complicada da coisa. Uma situação que sempre ocorre comigo quando conheço pessoas novas, é a famosa pergunta: Nossa, você é gay? Você NÃO TEM CARA DE GAY!!! Nesses momentos, juro, a vontade é de pegar a cara da pessoa e bater nela até ficar com cara de morta. Desde quando pra ser gay tem que ter cara? Não conheço nenhuma lojinha na República que venda um produto para ter cara de gay. Eu imagino que na cabeça de uma pessoa dessa, eu deveria ser um unicórnio peidando arco-íris e de roupas apertadas e curtas. Existem bastante gays assim, são os afeminados (sem a parte do unicórnio e arco-íris) que curtem esse estilo mais livre, mas eu não curto pra mim, sou mais reservado e acredito que não combina comigo. Mas se um dia eu resolver colocar vestido ou até mesmo usar um salto alto (que acho lindo por sinal) ninguém poderá falar nada, contanto que eu me sinta bem.

E para vocês terem uma noção, quando me assumi para a minha mãe, ela só me pediu para não inventar de trocar de sexo ou me vestir feito garota. Para a minha própria segurança. Entendo parte do que ela disse, pois hoje em dia gays são agredidos, ofendidos ou até mortos em locais públicos por se vestirem de modo que seus ofensores não acham convencional. Mas em parte, como já foi dito, se eu me sentir seguro e bem comigo mesmo, não existe razão para querer mudar quem sou. Ser gay é ser você mesmo.

Outra frase que geralmente pessoas novas me perguntam ou até mesmo amigos “íntimos” perguntam é a famosa: Quem é a mulher da relação?Sua mãe! Essas horas eu conto até 10, penso em como seria minha vida se eu cometesse homicídio e respondo: Não existe a mulher da relação já que ambos somos homens, querida! Ou as vezes vou até mais fundo: Não existe a mulher da relação, ele e eu damos e comemos o cu um do outro, revezamos, me entendeu? Pronto, calei a boca da pessoa na hora.

Costumo ver muitos Bofes ou Ladies (que são as bichas bonitas e lésbicas com visual mais feminino) praticamente em qualquer lugar que vou. E realmente, as vezes é o tipo de homem ou mulher que você olha e fala que não parece ser gay, ou pelo menos não demonstra e nisso voltamos ao assunto de ter cara de gay. Mas em algumas situações, quando estou acompanhado de uma amiga ou amigo que também vê um desses casos, acabam soltando a seguinte frase: Nossa, ele(a) é tão bonito(a), nem parece que é gay, que DESPERDÍCIO! 

Aí vem novamente a terapia de contar até 10 e pensar como seria minha vida na cadeia (até que não seria uma má ideia, seria tipo “Orange Is The New Black“), e me vem a resposta: Você acredita que se ele(a) fosse hétero te daria alguma chance? Menos querida, bem menos! Já se olhou no espelho, tá parecendo a loca do Brás.

O fato de ser gay não me garante um passaporte para o inferno (já estou vivendo nele) ou que não possa existir um relacionamento estável, lindo e formar uma família  (no meu caso estamos há um ano, quatro meses e cinco dias juntos e super bens). Em pleno século XXI as pessoas ainda tem em mente a concepção de família sendo a fórmula perfeita: papai, mamãe e filho. Claro que é possível, mas eu posso muito bem formar uma família com meu namorado e meu cachorro, e tenho certeza que seremos felizes. Mas como já falei, meu sonho é adotar uma criança, está nos nossos planos.

Resumindo, ser gay, como a própria palavra diz é ser feliz. Eu sendo feliz e quem sou, é só o que importa. Se você se sente bem dando o cu, faça. Se você se sente bem colocando peruca e salto, apenas faça, você pode, seja feliz. Se você não se sente bem de vestido, não use pra agradar ninguém, seja você.

Espero que tenham gostado e não tenham se ofendido com alguma coisa. Se gostaram compartilhem com os haters, com aquele amigo ou amiga que não “saiu do armário” ainda ou com seu cachorro. Deixem suas curtidas, seus cometários, e até a próxima. Beijos ❤

 

Anúncios

18 comentários

  1. Charme Haut® · abril 12, 2016

    “Só a experiência própria é capaz de tornar sábio o ser humano”. Sigmund Freud
    Há muitas vantagens e desvantagens em ser ‘humano’, apenas seja gentil
    que as coisas melhoram.
    E fique bem ❤ Bjs Bjs

    Curtido por 1 pessoa

    • Desajustado · abril 12, 2016

      Obrigado pelo comentário. Realmente, com gentileza vamos longe.
      Bjs

      Curtido por 1 pessoa

      • Charme Haut® · abril 12, 2016

        Certamente! e na moda como dizia CoCo CHaNeL “Não é a aparência, é a essência. Não é o dinheiro, é a educação. Não é a roupa, é a classe. Moda é um estado de espírito! ❤

        Curtido por 1 pessoa

  2. melbag123 · abril 12, 2016

    Bueno conocerte. Pasaré a menudo por aquí. Gracias por leerme. Para mi no eres un gay, eres una persona igual que yo, con los mismos sentimientos, sueños y deseos. Esos es lo importante. Besos.

    Curtido por 1 pessoa

    • Desajustado · abril 12, 2016

      Imagina, é um prazer conhecer pessoas de outros lugares e que ainda por cima tem pensamento aberto. Obrigado

      Curtir

      • melbag123 · abril 13, 2016

        Es un placer para mi también conocerte. Eres de Brasil?

        Curtido por 1 pessoa

      • Desajustado · abril 14, 2016

        Sim, moro a cidade de São Paulo

        Curtir

      • melbag123 · abril 14, 2016

        Qué bien! Pronto son las Olimpiadas. Estaré mirando tu país tan bello y tus gentes tan lindas. Estuve muy pendiente de la Copa Mundial el año pasado. Espero que quede todo muy bonito como el evento anterior. Saludos desde San Antonio, Tejas. Un abrazo.

        Curtido por 1 pessoa

      • Desajustado · abril 14, 2016

        Abraço, e obrigado por acompanhar o blog.

        Curtido por 1 pessoa

  3. Devaneius · abril 12, 2016

    Adoooorooo merchandising ❤ Obrigado.
    Claro que há muitas outras situações desconfortáveis para citar, mas o texto está maravilhoso. Acredito que com o tempo as pessoas irão entender que a comunidade LGBTetc é composta de seres humanos também, e não queremos fazer mal a ninguém. Como eu disse numa conversa nossa em off "o mal não escolhe sexo ou orientação sexual para agir." Vai da índole de cada um. O que podemos fazer para mudar isso é mostrar a quem está ao nosso redor e ensinar às crianças a tolerância às diferenças.
    Sensacional, parabéns ❤

    PS: verifique pontuação e plural. 😉

    Curtido por 1 pessoa

  4. MorgauseDs · abril 13, 2016

    Oi meu querido, ia comentar ontem, mas acabei me distraindo…sou meio Dory sabe.
    Então, li seu texto e gostei muito, mas não sei se perdi algo, pois cnheci você ontem. Mas, porque desajustado? Não estou falando de termos politicamente corretos ou coisas assim, apenas queria saber mesmo. É como se sente perante a vida ou como vê a classe perante a sociedade? Porque se for o primeiro, bem vindo ao clube, se for o segundo, na minha opinião é a sociedade que não se ajustou ainda. Não sou gay, mas estou falando apenas porque gosto que saibam que existe vida fora do arco-íris. rsrs Agora sério, na verdade não diferencio, porque não há diferença. A diferença está na cabeça de algumas pessoas, e algumas é tão pequena que não cabe muito lá. Tenho um filho de 14 anos que é minha vida e vou te dizer, graças a Deus até agora fiz um bom trabalho, tem uma cabeça ótima, mas é um trabalho de formiga e diário, porque as influências são diárias também. Piadas, ou brincadeiras que parecem inofencivas, mas que vão construindo um subconsciente torto. É de onde vem essas expressões que você citou e que tanto irritam a você quanto a mim. Conheci, inclusive, gays e bi com frases preconceituosas e nem percebiam o proprio discurso. Então, pra combater a isso também e mostrar a luz onde está a escuridão, espero que se já não faz, que faça muito sucesso. 😉 Adorei seu blog e agora tem mais uma seguidora…bem, sou seguidora desde ontem mas você entendeu.rsrs
    Beijos 😀

    Curtido por 3 pessoas

    • Desajustado · abril 13, 2016

      Aí, adorei, muito obrigado pelo apoio.
      O nome “Desajustado” surgiu de um livro que li chamado “As Vantagens de Ser Invisível” que alias recomendo para seu filho, uma boa história. Resolvi deixar como desajustado pois me sinto desajustado perante a sociedade, acredito que não me encaixo em algo certo, e essa é a graça, não pertencer a lugar algum mas ao mesmo tempo pertencer a tudo, não tem relação com o fato de eu ser gay.
      E concordo em tudo que falou, a mente do ser humano enquanto for pequena ele continuará sendo pequeno, e por incrível que pareça existe preconceito dentro da própria comunidade LGBT, o que acho estranho, pois como querer que acabe o preconceito de fora se ainda existe dentro do próprio meio? Não faz sentido.
      Estou acompanhando o seu também, e agradeço muito pela força. Beijos.

      Curtido por 1 pessoa

      • MorgauseDs · abril 13, 2016

        Entendo e obrigada pela resposta tão completa. Já vi esse livro, mas nunca li. Vou comprar e ler com meu filho. Aqui é na briga. rsrs
        “…essa é a graça, não pertencer a lugar algum mas ao mesmo tempo pertencer a tudo…”sim, te dá liberdade. Transita por onde quer, ou não. 😉
        Sim, o preconceito dentro do meio é bem grande por parte de alguns. Mas é aquilo que eu disse também, a criação, o pensamento que não acompanha os desejos. É bem complicado, mais do que precisa ser. Conheci um bi mega enrustido, que por isso mesmo, tem horror de homens “afeminados”. Então tem de tudo. E esses G0ys? Vai entender!!
        As vezes eu sumo, mas estou sempre por aqui.rsrs Parece estranho, mas é a vida atribulada mesmo.
        Prazer em te conhecer lindo.
        Beijo grande.

        Curtido por 1 pessoa

  5. MorgauseDs · abril 13, 2016

    Inofensivas* 🙄 . Se tiver mais algum erro, desculpe essa míope que vos fala. 😉

    Curtido por 1 pessoa

  6. Édi Ribeiro · abril 13, 2016

    Ainda não li. Mas vouler mais tarde. Just wait! 😀

    Curtido por 1 pessoa

  7. Édi Ribeiro · abril 17, 2016

    Uma das vantagens de ser gay é que quando têm de gostar de você, ou odiar, já o fazem de cara. (Ou me queira ou me deixa!)

    Curtido por 1 pessoa

    • Desajustado · abril 17, 2016

      Verdade hehe me ama ou me odeie. E isso também vem por parte de mim, posso nem conhecer a pessoa, mas se não vou com a cara já crio um ódio mortal

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s