Eu estive aqui!

Olá desajustado e desajustada! A quanto tempo né (exatamente 2 meses desde o último texto). Não perguntarei como está até por que ainda estamos em 2016. 

Não consegui dar muita atenção ao blog nestes últimos tempos pois coisas aconteceram, outras ruins e outras piores ainda, e minha vida está seguindo um rumo diferente nesse momento, ando meio perdido sem saber o que será de minha pessoa em 2017.

Mas posso dizer que esse ano foi uma merda total, foi tiro atrás de tiro, só noticia ruim e nada de bom proveito (ou bem pouca coisa), e o segredo pra sobreviver foi muito saco e pessoas ao meu redor que se importam comigo pra me ajudar, de verdade, sem toda aquela falsidade gratuita e filhadaputagem. A crise chegou tombando tomando grandes proporções a medida que foi ficando famosa, eu tinha planos que foram por água abaixo pois não dependiam somente de mim, nisso fiquei sem emprego, sem dinheiro, sem animo pra nada. Perdi coisas, toda aquela liberdade que se tem quando se é parcialmente independente, mas em um estalar de dedos se foi e me vi e vejo como um peso morto. Tava tudo meio médio, agora tá tudo meio merda!

Sem falar as reviravoltas desse ano, com cara de livro escrito pelo George R.R Martin. Tivemos impeachment (golpe); governo Temer assumindo e fudendo ainda mais com tudo; tivemos propostas do governo escrotas e percebemos que nesse momento somente quem tem dinheiro e status, tem voz no país; Leonardo Di Caprio ganhando Oscar; Trump; casais se separando e outras se juntando; mortes e mais mortes trágicas e tristes…ou seja, um ano deprimente com direito a trilha sonora de Legião Urbana com Vento do Litoral e muita vodka pura. 

Tive todos os motivos para chutar o balde e desistir de tudo, não foi fácil e não está sendo, mas minha âncora ♥ me ajudou a superar e a ver que eu não estava e não estou sozinho nisso tudo. Inclusive toda vez que outra merda aparecia nosso plano era fugir daqui e ir morar no Canadá. Fique como meta para 2017 se for parecido com esse ano.

E o ano acaba, com ele novos planos, novos sonhos e vontades vão surgindo juntamente com aquele sentimento deprimente de que tudo irá começar de novo, mas é uma nova oportunidade de fazer tudo diferente. Claro que nem tudo sai como esperamos e as coisas vão tomando novos rumos no desenrolar, mas o importante é fazer aquilo que esteja ao seu alcance, não deixando que nada nem ninguém te impeça. É fácil falar, eu sei, mas a gente consegue, é só tomar uma dose de boa vontade com duas gotas “vamo que vamo” e uma pitada de “seja o que Deus quiser” e força na piruca e piroca. Bom, e se nada disso der certo, que seja acionado quantas vezes for preciso o botão do FODA-SE!

Uma boa virada de ano a todos, desejo que venha ser um ano de novas oportunidades e coisas boas e tamo junto nessa bagaça. Abraços!

 

Anúncios

2 comentários

  1. Devaneius · dezembro 30, 2016

    Apesar dos pesares, o importante é não deixar a peteca cair 😉 Como diz Pitty em Pulsos – “Tenta achar que não é assim tão mal; Exercita a paciência […]”, juntamente com empenho no que quer que queira realizar. Nosso 2017 será grande, e não grande merda, mas grande de satisfatório 😉

    Curtido por 1 pessoa

  2. carlos · dezembro 30, 2016

    Como todos nostros. Avanzar paso a paso dentro de nuestras posibilidades. sin aspirar a grandes metas y seguir adelante. Feliz 2017. Un abrazo.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s